9 de set de 2011

Insígnia Negra - 1ª Temporada


Comunicado Importante:
A Série foi transferida para um endereço dedicado à mesma.
Os capítulos 1, 2 e 3 podem ser lidos aqui.
E a série completa você encontra postada no link abaixo:


Capítulo 3

Passou no IML, acompanhou a autópsia, coletou as primeiras informações sobre o assassinato e mandou processar todo material recolhido da cena do crime.
Assim que saiu de lá passou um rádio para o delegado informado seus últimos passos e comunicou que estava indo para o estúdio revelar as fotos tiradas pela manhã.
Cerca de duas horas após entrar em seu estúdio, estava bem ali, naquelas fotos, o que ele procurava.
Juntou apenas as fotos que anexaria ao seu relatório e saiu rumo a delegacia, uma vez que precisava montar uma grande pasta de informações para a Srta. Mends.
Ao chegar viu o delegado acenando e o chamando para sua sala.
- Maurício, essa é a Srta. Mends. Não sei se já foram apresentados anteriormente, mas sua ajuda será de grande contribuição para apresentarmos uma resolução rápida a toda essa sujeira.
- Srta. Mends, esse é Maurício, nosso perito criminal responsável pelo caso das crianças desaparecidas. É ele quem vai lhe colocar a par dos detalhes técnicos da investigação.
Eles se cumprimentaram com forte aperto de mãos.
Ele admirava seu trabalho, apesar de saber que seus esforços seriam desnecessários nesse caso, pois ele já tinha tudo o que precisava saber. Era uma pena o tempo precioso de uma analista de perfil criminal ser desperdiçado dessa maneira, mas o que podia fazer, são ossos do ofício, como se costuma dizer.
- Maurício, é de extrema importância que possamos fornecer os detalhes mais minuciosos para a Srta. Mends, para que contribuamos com sua pesquisa.
- Delegado, gostaria de lhe pedir que me chamasse apenas de Mends, assim como a você também, Maurício. Vamos trabalhar juntos e verdadeiramente dispenso esse tipo de formalidade.
- Então Mends, vamos começar, pois tenho muitas informações para lhe passar. Já estou trabalhando num relatório detalhado para lhe entregar amanhã cedo.
- Acomodem-se na sala ao lado onde se encontram os arquivos do caso que dessa forma ficará mais fácil o acesso às informações. Daqui a pouco me junto a vocês.
Já na sala em questão, Maurício começa a reportar as informações e Mends vai anotando tudo.
- Sabe Maurício, no meu trabalho quanto mais conhecemos as vítimas, mais próximos estaremos do agressor. Vamos nos concentrar nas crianças nesse momento. Conte-me tudo o que puder de cada uma delas. Também terei que conversar com os pais, para obter detalhes mais específicos que indique algum tipo de relação mais relevante para o assassino as escolher.


Direitos Autorais Reservados à criadora e escritora A. Mendes, protegido pela lei 9610/98. 
Cópia, Reprodução Parcial e/ou Integral da Obra, bem como sua utilização em qualquer canal de comunicação sem prévia autorização da autora está sujeito às penalidades garantidas por lei.